Sporting, o favorito da estatística

Sporting, o favorito da estatística
Rui Miguel Tovar 25 de maio de 2019

Nos últimos cinco clássicos em forma de final, o Porto perde todos (a última vitória é em 2000, com golos de Clayton e Deco a Schmeichel).

Vantagem moral. A do Porto de Conceição nos dois jogos de campeonato com Keizer (0-0 em Alvalade, 2-1 no Dragão). Vantagem estatística. A do Sporting de Keizer, vencedor da final da Taça da Liga vs Porto, em Braga, no desempate por penáltis. Está aqui montado um berbicacho de todo o tamanho. Como desatar o nó? É tricky. Só mesmo no Jamor, onde Sporting e Porto se encontram pela 11.ª vez, a oitava para a final da Taça de Portugal. As outras três dizem respeito à 1.ª divisão, em 1954 (SCP 5 FCP 1), 1956 (SCP 1 FCP 0) e 1972 (SCP 0 FCP 3). O balanço é favorável ao Sporting, quatro vitórias contra três derrotas mais três empates – todos eles resultam em finalíssima. Desta vez, a Taça é para ser decidida no próprio dia. Hoje, dia 25 Maio. O dia da finalíssima de 2000 entre estes dois clubes.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais