Rodrigo, o "bebé sem rosto", não tem parte do cérebro

Rodrigo, o 'bebé sem rosto', não tem parte do cérebro
SÁBADO 10 de dezembro de 2019

Menino, que completou este sábado dois meses, não terá desenvolvido um dos dois hemisférios cerebrais e médicos desconhecem impacto que estes terão no desenvolvimento do bebé.

Há menos esperança para Rodrigo, o bebé que nasceu sem nariz, sem olhos e sem parte do crânio, a 7 de outubro no Hospital de São Bernardo, em Setúbal.
O menino, que completou no sábado dois meses, não tem parte do cérebro. Rodrigo não terá desenvolvido um dos dois hemisférios cerebrais.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais