Queixa da Douro Azul contra Ana Gomes arquivada

Nuno Tiago Pinto , Eduardo Dâmaso 14 de fevereiro de 2020

O Tribunal de Vila Real concluiu que não há razões para levar a ex-eurodeputada a julgamento por ofensa a organismo, serviço ou pessoa coletiva às empresas de Mário Ferreira

A queixa apresentada pelas empresas Douro Azul, Mystic Cruises e Pluris Investments – propriedade de Mário Ferreira – contra Ana Gomes foi arquivada pelo Tribunal Judicial de Vila Real. A decisão, tomada esta quinta-feira, e à qual a SÁBADO teve acesso, concluiu que não há qualquer motivo para levar a antiga eurodeputada a julgamento pelos três crimes de que tinha sido acusada: por ofensa a organismo, serviço ou pessoa coletiva.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais