Próximo ano letivo terá mais aulas para quem não faz exame. Ensino presencial será regra

Próximo ano letivo terá mais aulas para quem não faz exame. Ensino presencial será regra
Leonor Riso 03 de julho de 2020

Foram criados três regimes de funcionamento das escolas: o presencial, o misto e o não-presencial. A regra será o presencial. 


O ministro da Educação anunciou esta sexta-feira várias medidas para o próximo ano letivo. Tiago Brandão Rodrigues voltou a recordar que as aulas vão arrancar entre 14 e 17 de setembro e que o número de dias de aulas será aumentado, com a redução da interrupção letiva da Páscoa, para os anos letivos não sujeitos a exames. 

Também foram criados três regimes de funcionamento das escolas: o presencial, o misto e o não-presencial. A regra será o presencial. 

Com o aumento dos dias de aulas, "aumenta o tempo de aprendizagem", considera Brandão Rodrigues. Haverá um maior foco na educação pré-escolar, no primeiro e segundo ciclos, que são anos com "grau de autonomia menor".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais