Presidente do SC Braga vende empresa endividada e safa-se de credores

Presidente do SC Braga vende empresa endividada e safa-se de credores
Alexandre R. Malhado 09 de outubro de 2020

António Salvador desfez-se da sua empresa de construção: ficaram 624 credores e um passivo gigantesco, de que ele próprio se diz credor.

António Salvador, presidente do Sporting de Braga, vendeu a empresa de construção Britalar num momento em que enfrenta dívidas de quase 30 milhões de euros a centenas de credores. A empresa – agora Moura Atlantic de nome – foi vendida em março ao grupo brasileiro Energyclean. A nova gerência já entregou um novo Plano Especial de Recuperação (PER) no Juízo de Comércio de Vila Nova de Famalicão, em agosto deste ano. De acordo com o último PER (o quarto em seis anos), a que a SÁBADO teve acesso, a Britalar deve atualmente 28 milhões de euros a 624 credores – entre eles o próprio António Salvador, credor por suprimentos [uma espécie de empréstimos que diz ter feito à empresa enquanto sócio], que reclama quase 2 milhões de euros.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais