Precários contratados para combater atrasos nas pensões

C.A.C. 13 de agosto de 2018

Segurança Social vai ter 44 trabalhadores em regime de prestação de serviços para agilizar diferimentos das pensões.

A Segurança Social vai contratar 44 trabalhadores em regime de prestação de serviços para tratamento de pendências no Centro Nacional de Pensões. Esta é uma das medidas delineadas pela Segurança Social para combater os atrasos no tratamento de pedidos de pensão de velhice, sobrevivência e invalidez. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais