PJ investiga suspeitas de sabotagem no Metro de Lisboa

Carlos Rodrigues Lima , Diogo Barreto 30 de novembro de 2018

A Polícia Judiciária esteve nos últimos dias nas oficinas do metro, na Pontinha, a recolher elementos e efectuar perícias, por suspeitas de sabotagem nas carruagens. Linha Verde foi interrompida três vezes esta semana por avarias.

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar suspeitas de sabotagem nas carruagens do Metro de Lisboa. Esta quinta e sexta-feira, inspectores da Unidade Nacional de Contraterrorismo estiveram nas oficinas do metro, na Pontinha, Lisboa, a recolher elementos e a realizar perícias às carruagens que têm causado problemas na circulação.

A investigação, segundo apurou a SÁBADO, ainda está numa fase preliminar, não tendo sido possível apurar, se houve alguma participação da administração do Metro de Lisboa ou dos sindicatos à Judiciária, que levou a estas investigações.

Esta semana, a linha verde do Metro de Lisboa - que liga Telheiras ao Cais do Sodré - esteve interrompida por três vezes, durante o período da manhã. Na terça-feira, a circulação esteve interrompida por mais de duas horas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais