Padre revoltado com quarentena confessa que até jantou com infetado com Covid-19

Padre revoltado com quarentena confessa que até jantou com infetado com Covid-19
SÁBADO 11 de julho de 2020

Sacerdote de Amares critica o isolamento ao qual foi forçado e acusa as autoridades de saúde de "enjaular" as pessoas.

O padre de Dornelas, Figueiredo, Paredes Secas e Vilela, no concelho de Amares, suspendeu as eucaristias depois de ter sido obrigado a permanecer em quarentena por ter jantado com uma pessoa que testou positivo à Covid-19. No Facebook, o padre critica o isolamento ao qual foi forçado e acusa as autoridades de saúde de "enjaular" as pessoas.

"Ao terminar – espero eu – a quarentena, partilho a minha reflexão sobre o modo como somos tratados pelas Autoridades de Saúde: ou nos julgam verdadeiros animais e, por isso, é melhor enjaular-nos a todos, ou seguem cegamente ordens dos governantes, bem mais preocupados com os louros a colher da pandemia que em cuidar da vida e saúde dos cidadãos", escreveu.

<iframe src="https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fsoproevida%2Fposts%2F3304856342877984&width=500" width="500" height="546" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowTransparency="true" allow="encrypted-media"></iframe>

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais