"Não matem ninguém", pede homem antes de ser morto em roubo de boletim do Euromilhões

'Não matem ninguém', pede homem antes de ser morto em roubo de boletim do Euromilhões
SÁBADO 15 de junho de 2019

Gang com cabecilha de 17 anos fez 12 ataques a bombas de gasolina e mediadores do Euromilhões.

"Não matem ninguém." O pedido de Hermenegildo Varela, 70 anos, foi feito às 18h45 de 8 de junho de 2018 aos três homens - um quarto ficou no carro - que lhe entraram pelo Anita, na Cova da Piedade, para roubar o apuro do Euromilhões daquela sexta-feira.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais