Ministério Público arquiva processo contra Feliciano Barreiras Duarte

Antigo secretário-geral do PSD era suspeito de ter falsificado dados do curriculum. Investigação concluiu que Feliciano Barreiras Duarte não agiu de má fé quando invocou a sua qualidade de "visiting scholar" da Universidade de Berkeley

O Ministério Público arquivou, no passado mês de fevereiro, o processo relativo a suspeitas de falsificação do "curriculum vitae" por parte do antigo secretário-geral do PSD, Feliciano Barreiras Duarte. Segundo o despacho final da procuradora Josefina Fernandes, a que a SÁBADO teve acesso, a investigação concluiu que Barreiras Duarte não agiu de má fé, nem falsificou elementos do seu CV, uma vez que, de acordo com elementos do processo, estava convencido da sua qualidade de "visiting scholar" da Universidade de Berkeley, no EUA.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais