Marisa Matias, uma ecologista rockabilly aos 21 anos

Tiago Carrasco 09 de janeiro

Esta ex-Catwoman limpou retretes de bares para ajudar a família. Aluna com memória prodigiosa, aos 21 anos já era mestre a fazer postais de aniversário.


Ainda antes de entrar no curso de Sociologia na Universidade de Coimbra, em 1994, Marisa Matias já trabalhava. Começou por se encarregar dos tempos livres das crianças da primária de Alcouce, todas as sextas-feiras. Depois, foi com uma amiga fazer limpezas em casas de banho de bares até que, aos 16 anos, passou a trabalhar num dos balcões mais conhecidos de Coimbra, o do Café Moçambique. Entrava ao serviço perto das 22h e só saía quando as portas encerravam, por volta das 3h da manhã. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais