Interrogados vários suspeitos de terem agredido jovem cabo-verdiano

Interrogados vários suspeitos de terem agredido jovem cabo-verdiano
SÁBADO 07 de janeiro de 2020

A PJ já identificou maior parte dos indivíduos envolvidos na rixa que precedeu a morte de Giovani Rodrigues. Mas nem os amigos acreditam que ataque tenha sido motivado por ódio racial.

Já foram identificados e interrogados vários indivíduos que terão estado envolvidos nas agressões ao aluno cabo-verdiano Luís Giovani Rodrigues, que acabou por morrer dez dias depois das agressões no hospital de Santo António no Porto. A PJ já terá mesmo identificado a maioria dos cerca de 15 homens que terão participado no ataque levado a cabo numa escadaria, numa "espera bem feita", mas sem motivações raciais, como afirmaram amigos do jovem ao Público.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais