Gémeas rodeadas por baratas e lixo dentro de garagem sem água quente em bairro na Amadora

Gémeas rodeadas por baratas e lixo dentro de garagem sem água quente
SÁBADO 21 de agosto de 2019

Meninas de 10 anos viviam há quatro anos na miséria. Crianças foram retiradas aos pais na quarta-feira.

"Elas nem estão mal. Não se queixam. Não sabem ler – só uma coisinha ou outra que tentamos ensinar -, mas sabem as horas, vão ao mercado, brincam com outras crianças no bairro. Têm comida, amor e carinho. É errado, mas ninguém morreu de não saber ler ou escrever". Mariana, de 34 anos, ainda tenta justificar o porquê das filhas gémeas de 10 anos nunca terem ido à escola.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais