Erro no comboio leva à morte de menores

Erro no comboio leva à morte de menores
Leonor Riso 10 de dezembro de 2016

Lígia Louro, de 13 anos, e Inês Rosa, de 14 anos, enganaram-se no destino e decidiram caminhar pela linha. Não tinham contado aos pais que iam a Coimbra

Lígia Louro, de 13 anos, e Inês Rosa, de 14 anos, decidiram ir na tarde de quarta-feira a Coimbra, sem dizerem nada aos pais. As duas menores foram e voltaram de comboio – mas face a um erro na segunda viagem, decidiram caminhar ao lado da linha, o que as acabou por matar. Foram colhidas por um comboio.

As duas amigas eram de Montemor-o-Velho. De terça para quarta, Inês foi dormir a casa de Lígia. Decidiram ir no dia seguinte a Coimbra, de comboio, para ir ter com um amigo de 18 anos.

Quanto voltaram, apanharam um comboio que seguia não para Montemor-o-Velho, mas para o Entroncamento. Quando se aperceberam do engano, terão saído no apeadeiro de Alfarelos. "Ao aperceber-se do engano, tentaram voltar para trás a pé", disse ao Jornal de Notícias Porfírio Quedas, presidente da Junta de Freguesia de Vila Nova de Anços.



Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais