Entrevista: "Nem talvez Salazar reuniu tantos poderes como Eanes"

Entrevista: 'Nem talvez Salazar reuniu tantos poderes como Eanes'
Sara Capelo 11 de novembro de 2018

Otelo e Sá Carneiro temiam que a acumulação de cargos (desde a chefia do Estado à das Forças Armadas) criasse um ditador. O historiador David Castaño explica em livro porque isso não sucedeu.

Otelo Saraiva de Carvalho e Francisco Sá Carneiro temiam que a acumulação de cargos – desde a chefia do Estado à das Forças Armadas – criasse um ditador. Mas Ramalho Eanes, o primeiro Presidente eleito depois da revolução, mostrou-se "um democrata", lê-se em Eanes e a Democracia. É o seu papel nos seis anos de estabilização democrática – ainda pouco estudado – que o David Castaño analisa no livro.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais