Descida do IVA na restauração custará 224 milhões ao Estado

Descida do IVA na restauração custará 224 milhões ao Estado
SÁBADO 20 de maio de 2020

António Costa não se compromete com alívio da carga fiscal, mas vai avaliar 11 propostas do setor da restauração.

A proposta da Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) de reduzir o IVA na restauração de 13% para 6%, durante um ano, vai custar aos cofres do Estado mais de 224 milhões de euros. As contas, feitas pelo Correio da Manhã, têm por base o relatório final de ‘Acompanhamento do impacto da alteração do IVA no setor da Restauração’, publicado em 2018. Nesse documento diz-se que, no final de 2017, os restaurantes entregaram ao Estado 411,6 milhões de euros em IVA. Com a taxa intermédia de 13%, que entrou em vigor a 1 de julho de 2016, cada ponto percentual do IVA na restauração vale mais de 32 milhões de euros.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais