Cunha de Vieira para o filho levou PJ ao gabinete de Centeno

Cunha de Vieira para o filho levou PJ ao gabinete de Centeno
Carlos Rodrigues Lima 27 de janeiro de 2018

Em Março de 2017, Tiago Vieira queixou-se ao pai sobre uma isenção de IMI, que acabou desbloqueada. A 1 de Abril, o ministério das Finanças pediu bilhetes para o ministro e para o filho que queriam assistir a um Benfica-Porto.

O Ministério Púbico está a investigar se Luís Filipe Vieira, presidente do SL Benfica, apenas meteu uma "cunha" para apressar um processo de isenção de IMI relativo a uma empresa do filho ou se o caso pode envolver crimes. Segundo confirmou a SÁBADO junto de fonte judicial, a buscas realizada, esta sexta-feira, no gabinete do ministro das Finanças, Mário Centeno, e noticiada pelo Correio da Manhã está directamente ligada a este caso.

Tudo porque, entretanto, foi revelado um email de 1 de Abril de 2017, no qual um elemento do gabinete do ministro das Finanças pediu ao Benfica dois bilhetes para o ministro e o filho assistirem ao clássico entre os encarnados e o FC Porto. Ora, de acordo com a lei, cabe à Autoridade Tributária dar a palavra final sobre as isenções de IMI, apesar de todo o processo correr nas autarquias. Fonte judicial disse à SÁBADO que, em quase 100% dos pedidos de isenção, a AT segue os pareceres e informações da respectiva autarquia.

Fonte do ministério confirmou à agência Lusa "a realização de acções inspectivas" e garantiu a colaboração "de forma franca", colocando "à disposição das autoridades judiciárias todos os elementos solicitados". O Executivo não revelou o motivo das "acções inspectivas", "respeitando o segredo de Justiça". À agência de notícias, a Procuradoria-Geral da República disse que as buscas se realizaram para "recolha de prova documental no âmbito de um inquérito em investigação no DIAP de Lisboa" e que o "inquérito não tem arguidos constituídos e está em segredo de justiça".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais