Covid-19: Cancelada "manif" do 25 de Abril, associação pede que portugueses cantem "Grândola"

Lusa 26 de março de 2020
As mais lidas

O presidente da Associação 25 de Abril, Vasco Lourenço, afirmou que a manifestação foi cancelada, mas propõe uma alternativa.

A manifestação do 25 de Abril em Lisboa foi cancelada devido à pandemia de covid-19 e a Associação 25 de Abril pediu hoje às pessoas que, mesmo em casa, vão à janela cantar a "Grândola".

Paulo Calado

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Associação 25 de Abril, Vasco Lourenço, um dos promotores do desfile anual, afirmou que a manifestação foi cancelada, mas propõe uma alternativa.

Vasco Lourenço pediu que, às 15:00 do dia 25 de abril, hora a que começaria o desfile em Lisboa e noutras cidades, rádios e televisões "passem" a canção que foi uma das senhas do Movimento das Forças Armadas (MFA) em abril de 1974, e às pessoas, que estão em casa devido à pandemia, que "venham às janelas, às varandas cantar a 'Grândola Vila Morena'".

A ideia, adiantou, é não parar atividades que "não podem ser suspensas, nomeadamente os cuidados de saúde" nesta fase de pandemia.

"As outras pessoas que mostrem que queremos um país livre, democrático, solidário, como é necessário nesta altura", afirmou Vasco Lourenço.

As comemorações populares do 25 de Abril são organizadas anualmente por uma comissão promotora, em que se inclui a Associação 25 de Abril.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais