Coronavírus: doentes com AVC e problemas cardíacos estão a atrasar o socorro

Coronavírus: doentes com AVC e problemas cardíacos estão a atrasar o socorro
Sara Capelo 05 de abril de 2020

Por medo de contágio nos hospitais. Também há quem prefira adiar a recuperação em unidades de cuidados continuados

O alerta chega de todos: os doentes estão a atrasar o pedido de socorro. Emília Rodrigues, da SOS Hepatites, diz que os doentes com hepatite ou que foram transplantados estão "muito ansiosos". A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular também tem "pressentido" uma diminuição no número de angioplastias primárias que tratam o enfarte agudo do miocárdio "por eventual receio de serem contagiados". "Medo" é como a médica fisiatra Ana Alves, vice-presidente da associação Portugal AVC, descreve o estado de espírito dos sobreviventes de acidentes vasculares cerebrais (AVC): "Medo de irem ao hospital", "medo de estarem internadas", "medo de serem enviadas para uma unidade de cuidados continuados" para fazerem a reabilitação.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais