Como Rui Pinto desviou 264 mil euros de um banco nas Caimão

Como Rui Pinto desviou 264 mil euros de um banco nas Caimão
Nuno Tiago Pinto 06 de fevereiro de 2019

Numa recente entrevista, o pirata informático garantiu não ter ficado com dinheiro do Caledonian Bank. Porém, documentos de uma investigação de 2013 revelam que até entregou 16 mil euros ao advogado, Aníbal Pinto


Foi há seis anos que os caminhos da Polícia Judiciária e do hacker Rui Pinto se cruzaram pela primeira vez. Em 2013, o jovem, que actualmente se assume como o autor do site "Football Leaks", desviou 264 mil euros do Caledonian Bank, nas ilhas Caimão. Numa recente entrevista, Rui Pinto garantiu não ter ficado com o dinheiro, mas documentos da investigação revelam que pagou despesas, fez transferências e até entregou 16 mil euros ao advogado Aníbal Pinto.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais