Associação de Sargentos justifica notas negativas com "falta de atractividade" do Exército

Associação de Sargentos justifica notas negativas com 'falta de atractividade' do Exército
Leonor Riso 26 de novembro de 2018

"Nunca vamos conseguir cativar jovens se dissermos a um jovem candidato a soldado que receberá 563 euros mensais", lamenta o sargento-ajudante Mário Ramos. ANS reúne com Defesa esta terça-feira.

Para o sargento-ajudante Mário Ramos, presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), "é sempre negativo" que se baixem os padrões de qualificação para entrar num curso. O 47.º curso de sargentos, que decorre desde Setembro, pôde receber candidatos cuja nota média nas disciplinas de Português e Matemática era negativa. A nota média foi reduzida para nove valores e a mínima, para sete valores.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais