Associação de Juízes sai em defesa de Neto de Moura

Associação de Juízes sai em defesa de Neto de Moura
Diogo Barreto 03 de março de 2019

O presidente da direção da Associação Sindical dos Juízes considera que o "direito de crítica não permite o insulto". "Um juiz também tem direitos, não é apenas um saco de pancada."

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses demonstrou o seu apoio para com o juiz Neto de Moura, no caso do magistrado avançar com uma queixa contra humoristas e políticos que alegadamente o terão difamado.

Para Manuel Soares, presidente da direção da Associação Sindical dos Juízes Portugueses,o "direito de crítica não permite o insulto", considerando que "houve abuso e exagero na forma como o criticaram". Em declarações ao jornal Expresso, o presidente da ASJP  afirmou: "Uma coisa é dizer que o juiz não tem condições para exercer as suas funções, outra é achincalhá-lo".

"Um juiz também tem direitos, não é apenas um saco de pancada", continuou Manuel Soares, numa linha de defesa semelhante à do advogado escolhido pelo magistrado para o defender. Em declarações ao semanário, Ricardo Serrano Vieira tinha dito que o objetivo era "processar todos os que extravasaram os limites da liberdade de expressão" e que "ultrapassaram o que é aceitável no Estado de Direito".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais