António Costa diz que Portugal vive "novo ciclo político"

Cátia Andrea Costa , Lusa 19 de março de 2016
As mais lidas

Numa visita ao Porto, o chefe de Governo defendeu que a "estabilidade política do país está assegurada para os próximos quatro anos"

 O primeiro-ministro, António Costa, destacou, este sábado, a importância da aprovação do Orçamento de Estado, no Parlamento, considerando que é altura de responder aos "bloqueios estruturais" de Portugal. Além disso, o líder socialista considera que agora Portugal tem os "órgãos de soberania, plenamente instalados e em funções", com a "estabilidade política do país assegurada para os próximos quatro anos".

José Coelho


Na cerimónia inaugura das novas instalações da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), o chefe de Governo disse ainda considerar que agora se vive um novo período politico. "Com a aprovação esta semana do Orçamento de Estado e com a entrada em funções do novo Presidente da República, concluímos e encerramos um primeiro ciclo político da maior importância", declarou António
Costa no Porto.  Recorde-se que, na quarta-feira passada, Costa disser ter esperança que "o PSD vença o rancor e o azedume e consiga chegar ao tempo presente", considerando que o "CDS tem dado um bom exemplo" uma vez que já se renovou.

 

Para Costa, era o Governo quem tinha de "construir as pontes necessária" para haver a "indispensável concertação social" e para que seja possível a mobilização das acções de Governo aos diversos níveis, designadamente "mobilizar a sociedade civil em torno dos grandes desafios".


O primeiro-ministro revelou, ainda, que em Abril vai ser lançado um "conjunto de instrumentos de política centrada na regeneração urbana e na reabilitação", em consequência da necessidade de revitalizar o sector da construção civil. "É uma dinâmica fundamental, porque é uma política que simultaneamente responde à necessidade que temos de relançar um sector essencial para a nossa economia (...) e dos poucos capazes de absorver, de um modo sustentável, o desemprego de longa duração".


O primeiro-ministro está, este sábado, no Porto, em mais um dia de agenda preenchida. Segunda e terça-feira, irá realizar a primeira deslocação à Madeira com
o objectivo de normalizar as relações institucionais e "pôr fim ao período de costas voltadas" entre o continente e a região autónoma.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais