Investigação
Futebol

A lista secreta de todos os convidados do Benfica

A lista secreta de todos os convidados do Benfica
Carlos Rodrigues Lima 27 de dezembro de 2020

Políticos, magistrados, polícias e banqueiros. Os nomes constam de um apenso da Operação Lex, mas a meio da investigação chegaram a desaparecer, só regressando ao processo porque um inspetor da PJ fez uma "cópia pirata".

No início do ano, o orfeão do Sport Lisboa e Benfica (SLB) cumpre a tradição de cantar as Janeiras ao presidente do clube. Há uns anos, porém, o departamento de relações públicas quis elevar um pouco a fasquia e convidar diretores e outros membros dos órgãos sociais para, além de Luís Filipe Vieira, desfrutarem do canto e fazer uma pequena passeata pelas instalações do clube. No fim, bolo-rei e vinho generoso para todos. A reboque desta iniciativa, a responsável pela RP, Ana Paula Godinho, sugeriu ao administrador executivo Domingos Soares Oliveira idênticas ações de "charme", como lhe chamou, com "deputados e membros do Governo benfiquistas", embaixadores e, por último, com o "grupo de doutores juízes dos tribunais da relação próximos do clube", assinalando existir uma lista de convidados destes últimos para os jogos.

A promoção de uma cultura de proximidade entre o Benfica e setores influentes da sociedade portuguesa, evidenciada na troca de emails entre Ana Paula Godinho e Domingos Soares Oliveira, está plasmada num enorme acervo de emails da responsável das RP do Benfica que já foram divulgados pelo blogue Mercado de Benfica, cuja autoria é atribuída ao hacker Rui Pinto, atualmente a ser julgado por crimes de acesso ilegítimo e tentativa de extorsão, entre outros. Uma incursão pelo conteúdo desses ficheiros, cruzando-os com os emails de Ana Zagalo, responsável pela área corporate do clube, revela um mapa de aproximações, contactos e "charme" dos encarnados junto do poder político, financeiro, empresarial, judicial e o mundo das celebridades. De todos, o que tem suscitado mais controvérsia prende-se com a situação dos convites feitos e aceites por magistrados, dado o envolvimento do SLB em vários processos judiciais, como o chamado "caso dos emails", o "saco azul" e agora a Operação Lex, processo em que Luís Filipe Vieira e Fernando Tavares (vice-presidente do clube) foram acusados pelo Ministério Público.

Segundo um email trocado entre Ana Paula Godinho e Luís Filipe Vieira (em novembro de 2016, ou seja, apenas dois anos antes do aparecimento das primeiras investigações judiciais), de uma assentada, o camarote presidencial chegou a ter 11 magistrados (10 juízes e um procurador) sentados para assistirem ao jogo entre Benfica e Moreirense. Celso Manata (procurador, na altura, diretor-geral dos serviços prisionais), os juízes conselheiros António Grandão e José Nunes Lopes; os juízes desembargadores Rui Rangel, António Ramos, Frederico Cebola, Calvário Antunes, Carlos Benido e o juiz de primeira instância António Gaspar.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)