A história incrível do pai do primeiro-ministro

Pedro Jorge Castro 25 de outubro de 2016

Segunda parte do espólio de Orlando da Costa, avaliada em 30 mil euros, vai ser entregue por Ricardo e António Costa ao Museu do Neorrealismo

Foi preso pela PIDE, militou no PCP, escreveu poesia e romances, inventou anúncios para as maiores empresas portuguesas e viveu como um boémio.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais