Web Summit: Mais vale um carro na mão do que dois a voar
Guilherme Geirinhas
08 de novembro de 2018

Web Summit: Mais vale um carro na mão do que dois a voar

Pura excentricidade ou uma realidade próxima? Não sei, mas consigo antecipar as mudanças que advêm deste projeto-piloto, literalmente.

"Os carros voadores serão uma realidade em 2025", ouviu-se na Web Summit. Quem o disse foi o fundador da Lilium Aviation, Remo Gerber, cujo primeiro nome ironicamente até remete mais para o transporte marítimo do que para o aéreo.

Pura excentricidade ou uma realidade próxima? Não sei, mas consigo antecipar as mudanças que advêm deste projeto-piloto, literalmente.

Desde já, assusta-me o alvoroço em que vão colocar a minha mãe. Se já é tamanha a sua aflição sempre que pego num carro convencional, imagino quando tiver de me descolar por aeromóvel: "Ai filho, vais tu a pilotar? Não queres antes apanhar um uberCOPTER? Cuidado, o céu à noite é tão perigoso. Vai baixinho. Manda mensagem quando aterrares".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais