Política pós-apocalíptica
Nuno Rogeiro
12 de abril de 2020

Política pós-apocalíptica

Podemos falar das consequências económicas e sociais, psicológicas, culturais e comportamentais, daquilo por que estamos a passar. Mas tem de se começar pelo que vai mudar na política. Esta regressa sob formas inesperadas

Uma das conversas mais comuns durante a quarentena é sobre os prazeres quase infantis do Dia 1.
Quando todos regressarem à rua, à sociedade e ao convívio.
Mas ninguém sabe se a exceção chegou realmente ao pico, nos estados mais afetados. E se efetivamente deixámos de morrer. Portanto ninguém quer também apostar na data exata em que se abrirão as portas dos abrigos.
Até lá reflete-se no que mudará, depois da praga.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Tópicos nuno rogeiro 832
Opinião Ver mais