Oposição pavloviana
José Pacheco Pereira Professor
03 de março de 2019

Oposição pavloviana

São os jornais e as televisões que definem os temas da oposição pavloviana e também o seu estilo. Tem um problema: nenhuma questão que daí nasça aguenta mais que uma semana ou duas de excitação, antes de ser engolida pela “novidade” mediática

O CDS, os anti-Rio no PSD, e uma parte substancial de todos os que se sentem frustrados com o sucesso de Costa em manter o governo e a geringonça, desenvolveram um estilo de oposição a que podemos chamar pavloviano. Qualquer coisa que venha da "frente das esquerdas", como diz Cristas, é, pela sua natureza, má. Começa-se a salivar e isto passa por ser a "oposição firme".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais