Notícia

Rui Miguel Tovar

Balotelli, o italiano mais fixe do mundo

08.09.2018 17:00 por Rui Miguel Tovar
Vem aí a Itália, o seleccionador é Roberto Mancini, o mais internacional é Chiellini (96 jogos) e o goleador Balotelli (14 golos).
Foto: Sábado

Balotelli é uma figura. Dos pés à cabeça. Eis a lista de balotellices (nove, o seu número de eleição):

Colecciona infracções de trânsito em Inglaterra no valor de €12.345.

Uma noite, ganha 25 mil euros no casino de Manchester; à saída, dá mil euros a um vagabundo.

Num clube de striptease, em Manchester, quebra a regra do "proibido tocar" e fere quatro seguranças.

Na primeira entrevista pelo City, pergunta o porquê de os ingleses beberem leite com chá.

pub
No flash interview na final da Taça de Inglaterra, ganha pelo City, diz "a minha época foi uma merda... Posso dizer merda na televisão?"

Ganha o Golden Boy (Bola de Ouro sub-23) e admite que nunca ouvira falar de Jack Wilshere, terceiro classificado e extremo do Arsenal.

Num jogo da selecção principal italiana com as Ilhas Faroé, de qualificação para o Euro'2012, é visto a jogar no iPad em vez de estar atento às incidências no relvado. Quando lhe perguntam o porquê, Balotelli responde "a definição é melhor no tablet".

No dia seguinte ao 6-1 do Manchester City em Old Trafford (casa do arqui-rival United), passa a tarde a percorrer a cidade de Manchester para dar highfive a todos os adeptos do City.

Passa a noite de Ano Novo de 2011 num bar de Manchester e dá mil euros a cada pessoa.
pub


pub
pub