Milagres nacionais
João Pereira Coutinho Politólogo, escritor
25 de abril de 2020

Milagres nacionais

Em países que rondam os 10 milhões de habitantes, só perdemos para a Bélgica e para a Suécia, ou seja, perdemos para um caso terminal de incompetência e para um país que optou, veremos se acertadamente, por não impor nenhum confinamento às massas

ANDA POR AÍ UMA ALEGRIA macabra com a nossa luta contra a Covid-19. O entusiasmo não se limita ao Presidente da República, para quem o País é simplesmente um "milagre". Espalha-se por políticos, comentadores, portugueses lorpas e a senhora que me vende os legumes. Não admira que o PS esteja em alta nas sondagens: com esta bebedeira colectiva, estranho que o dr. António Costa ainda não tenha sido coroado rei.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Opinião Ver mais