O profeta e a desgraça
Alberto Gonçalves
13 de setembro de 2016

O profeta e a desgraça

De facto, no clima em que vivemos há meses, uma coisa entre o cabaré grotesco e o crime organizado, talvez Pedro Passos Coelho esteja a mai

Diz o Público que "ao líder do PSD, nem o sol de Setembro trouxe um sorriso e prefere continuar a ser o profeta da desgraça deste governo". A sentença não integra um artigo de opinião ou o palpite de um funcionário do PS: está no início de uma reportagem "neutra" sobre a Universidade de Verão da JSD e, afinal, esforça-se por não destoar do tom vigente. Nos últimos dias aumentaram notavelmente os ataques a Pedro Passos Coelho.

Da extrema-esquerda a gente conotada com o PSD, passando por gente que se julga conotada com o PSD, pelos senhores governantes, por serviçais assumidos ou dissimulados dos senhores governantes e por analistas que gostariam de ser sérios, meio mundo dá-se a trabalhos para tentar diminuir Pedro Passos Coelho. O tipo é um "catastrofista" que não aceita o caminho de felicidade que o País trilha. O tipo é um vendido que não acata os apelos à "coesão" de que o País necessita. O tipo é um ressabiado que não abraça o patriotismo que o País exige. A bem do País, o tipo devia calar-se. A bem do PSD, o tipo devia sair do PSD. A bem de Massamá, o tipo devia emigrar conforme forçou inúmeros desvalidos na Era das Trevas (2011-2015). O tipo é um demónio. O tipo é um estorvo. O tipo está a mais.

De facto, no clima em que vivemos há meses, uma coisa entre o cabaré grotesco e o crime organizado, talvez Pedro Passos Coelho esteja a mais. Desde logo, é dos raríssimos espécimes que insiste em notar evidências desagradáveis: as seitas que se apoderaram disto vão levar-nos à ruína; a ruína será imensamente pior do que os arremedos anteriores; as consequências da ruína serão pagas durante demasiado tempo e com demasiados custos. Qualquer pessoa sabe que tais trivialidades não andam nada, nada, nada longe da verdade. O problema é que a verdade não convém nada, nada, nada aos arranjinhos em curso.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais