Miguel Pires da Silva Presidente da Juventude Popular
22 de outubro de 2015

Do feroz ao encurralado

Quem não se lembra dos tempos em que o "animal feroz" liderava o Partido Socialista, era dono de um ego interminável e conduziu a seu belo prazer com e sem maioria absoluta o país de 2005 a 2011

Quem não se lembra dos tempos em que o "animal feroz" liderava o Partido Socialista, era dono de um ego interminável e conduziu a seu belo prazer com e sem maioria absoluta o país de 2005 a 2011.

Depois do "animal feroz", o Partido Socialista é hoje liderado pelo "animal encurralado", bem mais perigoso que o feroz, capaz de tudo na luta pela sobrevivência, virando-se irracionalmente e de forma inconsequente contra tudo e contra todos que o encurralaram. Mas afinal, foi encurralado por quem? Foi encurralado nas urnas no passado dia 4 ao sofrer uma derrota que persiste em não assumir.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login