Gonçalo Saraiva Matias
Gonçalo Saraiva Matias Director Adjunto da Escola de Lisboa da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa
15.03.2017

Holanda vs Turquia

"As atitudes precipitadas só podem produzir maus resultados, num mundo em que as notícias decentes escasseiam"

08.03.2017

Dia da Mulher

Ou seja, do machismo em que os homens diziam às mulheres o que podiam ou não fazer, passámos ao feminismo das mulheres que ditam umas às outras como pensam dever comportar-se

01.03.2017

Mudança

O mundo está a mudar a um ritmo vertiginoso. Novas lideranças políticas, novas formas de comunicar, novos modos de relacionamento entre as pessoas, as empresas, os Estados

22.02.2017

A Suécia de Trump

Na época da pós-verdade já não importam os factos, o seu estudo ou verificação. Importa a velocidade com que são debitados, sejam verdadeiros ou falsos

01.02.2017

Banidos

Confirmaram-se as piores suspeitas: Donald Trump anunciou ao que veio no seu discurso de tomada de posse e passou os primeiros dias na sala oval a cumprir o que tinha prometido

25.01.2017

Molenbeek

O bairro de Molenbeek, em Bruxelas, ficou tragicamente famoso por se encontrar ligado aos terríveis atentados de Paris e de Bruxelas. Suspeita-se que ali residiam, ou encontraram abrigo, alguns dos terroristas que cometeram os atentados

18.01.2017

Adeus, Obama

O Presidente Obama fez, no final da semana passada, em Chicago, o seu discurso de despedida. É uma tradição dos Presidentes Americanos, tendo esta sido cumprida na cidade sua adoptiva onde, de resto, havia anunciado a candidatura

11.01.2017

O circo

Instalada a crise política em Itália e sendo Beppe Grillo, o polémico fundador do Movimento 5 Estrelas, um dos seus principais protagonistas – depois da derrota de Renzi no referendo – importa agora olhar para o que diz Grillo

04.01.2017

Do optimismo

Já disse aqui que, no ano que agora se inicia, temos todas as razões para estar pessimistas. Todos os eventos que se perfilam apontam para cenários catastróficos, como novos conflitos, crises humanitárias, recrudescimento do terrorismo, instabilidade política e social

28.12.2016

Balanço

Em tempo de balanço, de final de ano, é o momento para reflectir sobre o papel de Portugal, na Europa e no mundo

21.12.2016

O mundo ao contrário

Em Julho, disse aqui que o mundo tinha mudado. Isto a propósito dos atentados de Nice e de Munique, e do falhado golpe de Estado na Turquia. E mudou mesmo

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)