Ana Rita Cavaco
Ana Rita Cavaco
26.04.2021

Vacine-se

Tenho muito mais medo do tabaco, da endometriose, da pílula, do mau olhado das pessoas invejosas do que da vacina.

13.04.2021

A culpa já morre solteira

Jorge Coelho criticou-me algumas vezes. Uma delas, violentamente. Um dia fizemos as pazes. Pediu-me desculpa pelo exagero. Eu desculpei-o pelo carácter.

29.03.2021

Ministra da Injustiça

Assim passam os dias no reino da impunidade. Enquanto milhares de pessoas prioritárias continuam à espera da vacina, profissionais de saúde incluídos, uns quantos chicos-espertos arranjam um esquema para furar a fila. O país incomoda-se, a investigação arranca e a ministra da justiça desvaloriza.

15.03.2021

Desconfinar a duas vozes

Os factos são o que são. Marcelo queria desconfinar depois da Páscoa, António Costa avançou já. Vamos ter o regresso às escolas associado à promessa de vacinar professores e profissionais não docentes. É um erro associar as prioridades do plano de vacinação a critérios políticos, fugindo das decisões técnicas.

01.03.2021

Proibido voltar a falhar

Agora, mais do que nunca, é preciso provar que aprendemos alguma coisa com tudo isto. Já passou um ano. Não são admissíveis mais erros e faltas de planeamento.

15.02.2021

Sinais de liderança

Numa altura em que o País batia todos os recordes de número de mortos e infectados, assumindo nesta matéria a liderança de várias estatísticas internacionais, centenas de vacinas eram desviadas do caminho prioritário.

01.02.2021

Não vacinem chicos-espertos

Ponto prévio: O mundo dos chicos-espertos não nasceu com a Pandemia, nem sequer é consequência, como parecem indicar os mais recentes episódios do processo de vacinação em curso.

30.12.2020

Vacina, Amor e Democracia

Vacinar é assistir ao triunfo da Democracia. Quem vacina não distingue ricos de pobres, doutorados de analfabetos, directores de subordinados. Não há raças, credos ou patentes. Vacinar é igualar em dignidade todas mulheres e todos os homens, porque o sucesso da vacinação em massa é o triunfo da civilização sobre a barbárie. O sucumbir do medo às mãos da ciência.

16.12.2020

Tudo pelo ar

É esta a história das nossas vidas, de calculadora na mão a ver quanto do nosso suor, mérito e trabalho foi entregue para salvar prejuízos de privados.

18.11.2020

O tempo da vergonha

Contado ninguém acredita. Em plena pandemia, com os serviços a rebentar pelas costuras e o País em Estado de Emergência, há Enfermeiros em risco de serem despedidos e, noutro caso, obrigados a trabalhar infetados. Estamos a chegar ao grau zero da decência

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)