A grande lavandaria
Nuno Tiago Pinto Chefe de redação
12 de fevereiro de 2020

A grande lavandaria

Esta semana revelamos como investigações cruzadas em Portugal e no Brasil descobriram a passagem pelo Banif de mais de 1.500 milhões de dólares com ligações a offshores controlados pela Odebrecht

Em fevereiro de 2019, o diretor adjunto António José Vilela publicou uma grande investigação que retratava os últimos anos do Banif, um banco que recebeu muitos milhões de euros do Estado português e que acabou vendido e falido, envolto em suspeitas de lavagem de dinheiro. Desde então que continuou a seguir o caso, centrando-se nas ligações cruzadas entre o Banif e a multinacional brasileira Odebrecht, reveladas pelo chamado caso Lava Jato no Brasil. E, após o acesso a dezenas de relatórios policiais e judiciais, documentos bancários, pedidos de colaboração internacional e escutas telefónicas, foi possível reconstituir como nos últimos anos passaram pelo Banif 1.500 milhões de dólares com ligações a offshores controlados pela multinacional brasileira.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Tópicos bastidores 824