Resgatados 484 migrantes no Mediterrâneo

Diogo Barreto , Lusa 14 de maio de 2017
As mais lidas

A Guarda Costeira italiana recuperou ainda sete corpos na missão de resgate

Mais de 480 migrantes foram resgatados, na sexta-feira, no Mediterrâneo numa operação de salvamento em que foram recuperados sete corpos, informou, este sábado, a Guarda Costeira italiana em comunicado.

EPA
A Guarda Costeira italiana coordenou o resgate, a partir da central de operações em Roma, que envolveu quatro operações distintas no Mediterrâneo central, rota marítima entre o norte da Líbia e as costas italianas, nas quais foram salvos 484 migrantes que viajavam a bordo de embarcações pneumáticas.

Desde o início do ano e até sexta-feira, dia 12, chegaram às costas italianas, após serem resgatados no Mediterrâneo, 45.118 migrantes, isto é, mais 44,34% do que os 31.258 registados no mesmo período do ano passado, de acordo com dados do Ministério do Interior de Itália.

Milhares de pessoas têm perdido a vida na travessia do Mediterrâneo central, que se tornou numa das rotas marítimas mais perigosas do mundo para os migrantes e refugiados.

O número de vítimas mortais no Mar Mediterrâneo desde o início de 2017 ascende a pelo menos 1.309 pessos, adianta a Organização Internacional para as Migrações (OIM). 

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais