Proprietário de rede de lojas raptado no centro de Moçambique

Lusa 09 de fevereiro de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 15 a 21 de abril
As mais lidas

"Foi tudo muito rápido. Chegaram mesmo na altura em que o meu patrão estava a sair da loja" e deixaram o local a alta velocidade, explicou segurança.

Homens armados não identificados raptaram no sábado um empresário proprietário de uma rede de estabelecimentos comerciais em Chimoio, capital provincial de Manica, no centro de Moçambique, anunciaram hoje as autoridades.

moçambique
moçambique Mike Egerton/PA Images via Getty Images

"Estamos a trabalhar no caso", referiu o porta-voz do comando provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM), Mateus Mindu, ao confirmar o sequestro à Agência de Informação de Moçambique (AIM), remetendo mais detalhes para segunda-feira.

Issufo Satar foi raptado pelas 19h00 (17h09 em Lisboa) quando estava a sair de uma das suas lojas, relatou um dos seguranças do estabelecimento comercial citado pela AIM.

Segundo descreveu, os raptores "estavam mascarados e a carregar armas", ameaçando disparar sobre o próprio segurança enquanto levavam o empresário para a viatura em que se faziam transportar.

"Foi tudo muito rápido. Chegaram mesmo na altura em que o meu patrão estava a sair da loja" e deixaram o local a alta velocidade, concluiu.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais