Número de mortos de naufrágio na RDCongo subiu para 28

Lusa 21 de abril de 2019
As mais lidas

Acidente de uma embarcação supostamente sobrelotada de pessoas e com excesso de carga, ocorrido no lado congolês do lago, provocou também mais de 150 desaparecidos.

O número de mortos no naufrágio da passada segunda-feira, no nordeste da República Democrática do Congo (RDCongo), subiu para 28, depois de terem sido encontrados mais 15 cadáveres em território do Ruanda, informou hoje a Cruz Vermelha ruandesa.

Reuters
Os 15 cadáveres foram recolhidos em águas territoriais ruandesas do lago Kivu, onde ocorreu a tragédia, numa operação conjunta dos serviços de emergência da RDCongo e do Ruanda.

O acidente de uma embarcação supostamente sobrelotada de pessoas e com excesso de carga, ocorrido no lado congolês do lago, provocou também mais de 150 desaparecidos.

Um total de 37 pessoas foram resgatadas com vida no naufrágio da embarcação, proveniente de Goma, localidade congolesa.

As autoridades abriram uma investigação sobre o acidente da embarcação no lago Kivu, onde a circulação de embarcações, algumas de construção precária, é constante, com muitas a viajarem com excesso de carga.

Na quinta-feira passada, o administrador do território de Kalehe, província de Kivu Sul, admitiu que mais pessoas estão desaparecidas além das 114 confirmadas.

Muamba Cibwabwa admitiu que a embarcação, que estava sobrelotada na escala realizada em Katoto, foi carregada com cimento, ferro e outros produtos pesados.

O administrador territorial revelou também que é possível que muitos passageiros clandestinos tenham entrado na embarcação em Katoto e garantiu que a embarcação proveniente de Goma transportava mais de uma centena de pessoas, embora apenas 49 estavam inscritas nos registos oficial.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana.
Boas leituras!
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais