Magistrados franceses encaram novo ministro da justiça como "declaração de guerra"

Magistrados franceses encaram novo ministro da justiça como 'declaração de guerra'
Diogo Barreto 07 de julho de 2020

Eric Dupond-Moretti é um dos mais reconhecidos e polémicos advogados franceses. Chegou a dizer que defenderia Hitler se lhe fosse pedido (desde que não tivesse de justificar a ideologia nazi). Juízes estão preocupados e advogados confiantes com a nomeação.

Eric Dupond-Moretti foi o escolhido por Emmanuel Macron para liderar o ministério da justiça. O presidente francês está a levar a cabo uma remodelação governamental e a escolha do advogado para o ministério caiu que nem uma bomba entre os magistrados que afirmam que é uma "declaração de guerra"

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais