Maduro quer armar um milhão de civis

Tomás Garcez com F.G. 18 de abril de 2017

Presidente da Venezuela fala em preparar os cidadãos "contra a agressão anti-imperialista"

Esta segunda-feira, nas celebrações do sétimo aniversário da Milícia Nacional Bolivariana, o presidente venezuelano anunciou os novos reforços do serviço militar. Um milhão é o número de pessoas que pretende recrutar para este corpo de milícias composto por civis para prestar apoio às Forças Armadas. A revelação foi transmitida em simultâneo por todos os canais televisivos e rádios do país.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais