Irmãos portugueses do Estado Islâmico dados como mortos

C.A.C. 22 de setembro de 2018

Celso e Edgar da Costa terão morrido na Síria. Eram considerados peças importantes na hierarquia da organização terrorista.

Os irmãos portugueses jihadistas Celso e Edgar da Costa foram dados como mortos na Síria, onde desempenhavam um papel importante na estrutura do auto-denominado Estado Islâmico, em cujo as fileiras combatiam. Segundo o Expresso, a morte de ambos - Celso terá sido o primeiro a falecer - foi confirmada por fontes oficiais e informais, mas não foram adiantadas as causas da morte. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais