Fotógrafo regista batalha da mulher contra cancro do ovário

Jarred Eid falou com a SÁBADO sobre o seu projecto e recordou o momento em que a mulher viu as imagens todas: “Estava tão orgulhosa de si mesma”


Cansaço, tristeza, dor, lágrimas e também risos. É o que se vê nos retratos que Jarred Eid, um fotógrafo australiano de casamentos, tirou à mulher, Faye, durante a batalha dela contra o cancro do ovário. Esta doença é a oitava mais mortal, em Portugal. Mata cerca de 30 mulheres todos os meses. Eid decidiu documentar o cancro de Faye para demonstrar ao mundo que a luta e a dor da sua esposa sentiu, durante este processo, não deveriam ser escondidas.

O projecto acabou por ajudar os dois. "[Este projecto] acabou por representar um mecanismo de defesa que me ajudou a enfrentar a doença. Eu tinha o meu próprio negócio para gerir, mas também a Faye, e a pressão por vezes era imensa", conta à SÁBADO.

Jarred fotografa há dez anos e casou com Faye em 2013. Este projecto surgiu de forma natural: "Eu e a Faye falámos sobre eu tirar uma fotografia todos os dias para que ela um dia as pudesse rever. Inicialmente pensei em tirar uma fotografia todos os dias dela a sorrir", afirma. "Comecei a tirar mais fotos com o meu telefone, quando podia. Na maioria dos dias, sentávamo-nos na cama, em casa ou no hospital e víamos as fotos todas, juntos", acrescentou.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais