Eleições nos EUA: Os rituais do Dia da Inauguração

Eleições nos EUA: Os rituais do Dia da Inauguração
João Carlos Silva 20 de janeiro

Datas, números, tradições e episódios do que começou por ser um momento de simplicidade, um juramento singelo – e se tornou uma festa que pode incluir mais de 100 bailes.

Artigo originalmente publicado na edição especial da SÁBADO sobre as eleições nos EUA em 2016.

A cerimónia de tomada de posse do Presidente dos Estados Unidos, o Inauguration Day, é sempre no dia 20 de Janeiro (excepto se for um domingo, e então será a 21), por definição da Vigésima Emenda da Constituição, ratificada em 1933. Até então, e desde 1789, a posse era sempre a 4 de Março, o dia em que também terminavam os mandatos de quatro anos. O último Presidente a tomar posse num 4 de Março foi Franklin D. Roosevelt, precisamente em 1933. A de Barack Obama foi a uma segunda-feira, dia 21. 

Há um e só um elemento obrigatório ditado pela Constituição dos Estados Unidos: que o Presidente faça um juramento. Originalmente era simples, mas com o passar dos anos a ocasião tornou-se uma festa com um imenso cerimonial e novos rituais. Até Jimmy Carter, em 1977, a cerimónia de juramento acontecia no chamado Pórtico Leste do edifício do Capitólio. Mas desde Ronald Reagan, em 1981, que é na Porta Ocidental do edifício.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais