Covid-19: Reino Unido confirma regresso de eventos desportivos em junho

Lusa 11 de maio de 2020
As mais lidas

O futebol e todos as competições desportivas no Reino Unido foram suspensas em março, tal como em quase todo o mundo, devido à pandemia de covid-19.

O governo britânico confirmou hoje que os eventos desportivos, incluindo a liga inglesa de futebol, deverão ser retomados a partir de 01 de junho, mas sem a presença de público nos recintos, devido à pandemia da covid-19.

futebol coronavírus
futebol coronavírus Direitos Reservados

O regresso dos campeonatos em junho faz parte da segunda etapa do plano de desconfinamento do Reino Unido, divulgado hoje, e as várias federações e organizações desportivas da região já foram informadas para se prepararem para retomar a atividade.

O futebol e todos as competições desportivas no Reino Unido foram suspensas em março, tal como em quase todo o mundo, devido à pandemia de covid-19.

O mesmo documento acrescenta que a presença de público nos estádios e nos pavilhões só será ponderada "significativamente mais tarde", tendo em conta a progressão na luta contra a pandemia.

O Reino Unido é o segundo país em todo o mundo, atrás do Estados Unidos, com mais mortos devido à covid-19 (31.855) e o terceiro com mais pessoas infetadas (mais de 219 mil).

Com a declaração de pandemia, em 11 de março, inicialmente alguns eventos desportivos foram disputados sem público, mas, depois, começaram a ser cancelados, adiados -- nomeadamente os Jogos Olímpicos Tóquio2020, o Euro2020 e a Copa América -- ou suspensos, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais de todas as modalidades.

Os campeonatos de futebol de França e Holanda foram, entretanto, cancelados, enquanto países como Alemanha, Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal preparam o regresso à competição.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 282 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.144 pessoas das 27.679 confirmadas como infetadas, e há 2.549 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais