Coronavírus: Padre morreu a ceder ventilador a jovem

Coronavírus: Padre morreu a ceder ventilador a jovem
Alexandre R. Malhado 24 de março de 2020

Giuseppe Berardelli morreu por Covid-19 após ceder o seu ventilador a um paciente mais jovem. Há quem o chame de mártir.

Cedeu o seu ventilador para poder salvar um paciente mais jovem. Foi o que fez Giuseppe Berardelli, sacerdote italiano de 72 anos, que morreu dia 15 de março no hospital de Lovere, localizado na região da Lombardia, Bérgamo, o epicentro da pandemia em Itália, vítima do novo coronavírus (Covid-19).

Figura muito amada em Casnigo, onde exercia funções de arcipreste, Berardelli cedera o ventilador que havia sido comprado pela comunidade paroquial. Infetado pelo Covid-19, o sacerdote precisava do ventilador para sobreviver — mas preferiu dar a outro doente mais jovem para sobreviver. 

"Don Giuseppe morreu como padre. E estou profundamente comovido com o facto de ele, arcipreste de Casnigo, ter renunciado e permitido que o seu ventilador fosse usado para salvar alguém mais novo", disse trabalhador do lar San Giuseppe à imprensa local.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais