Coronavírus: Mulher do primeiro-ministro canadiano testou positivo

Lusa 13 de março de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 15 a 21 de abril
As mais lidas

"O primeiro-ministro está de boa saúde, sem sintomas. Como medida de precaução, e seguindo o conselho dos médicos, ficará isolado por um período de 14 dias", explica nota.

Justin Trudeau António Costa
Justin Trudeau António Costa

A mulher do primeiro-ministro do Canadá, Sophie Gregoire Trudeau, testou positivo ao novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o gabinete de Justin Trudeau.

Sophie Gregoire Trudeau está bem e permanecerá isolada, de acordo com o comunicado.

"O primeiro-ministro está de boa saúde, sem sintomas. Como medida de precaução, e seguindo o conselho dos médicos, ficará isolado por um período de 14 dias", acrescenta-se na mesma nota.

Na quinta-feira, Trudeau tinha iniciado um período de quarentena após a mulher ter manifestado sintomas semelhantes aos da gripe.

O gabinete de Trudeau informara que Sophie Gregoire Trudeau tinha regressado de um compromisso no Reino Unido, onde discursou, e na noite de quarta-feira manifestou sintomas de gripe, incluindo um ligeiro estado febril.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 125 mil pessoas, com casos registados em cerca de 120 países e territórios.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Investigação
Opinião Ver mais