"Chupa-chupa" e "El Gordo" tramaram El Chapo em tribunal

'Chupa-chupa' e 'El Gordo' tramaram El Chapo em tribunal
Leonor Riso 30 de novembro de 2018

El Gordo sobreviveu a quatro tentativas de homicídio ordenadas por El Chapo. Uma aconteceu depois de uma serenata com mariachis.

"Chupa-chupa", um antigo barão da droga da Colômbia, testemunhou em tribunal contra El Chapo no tribunal federal de Brooklyn. Juan Carlos Ramirez Abadia, o detentor da alcunha, contou ao júri ter usado o cartel de Sinaloa, liderado por Joaquin "El Chapo" Guzman, para mover mais de 440 toneladas de droga.

Abadia, que está detido desde 2007, contou ainda ter ordenado 150 homicídios. "Chupa-chupa" foi preso no Brasil, quando vivia num condomínio de luxo. Para escapar às autoridades, submeteu-se a várias cirurgias plásticas. Os seus olhos, bochechas, o maxilar e outros traços faciais foram alterados, mas nem isso nem os seus cuidados para não ser apanhado – só saía de casa à noite para ir andar de bicicleta – evitaram que o fosse.

Porém, a identidade de El Chupeta (a sua alcunha em espanhol) só foi confirmada através de uma análise à voz, que a comparou com escutas telefónicas a que foi sujeito. "Chupa-chupa" tem agora 55 anos e testemunhou esta quinta-feira.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais