Campos de petróleo evacuados devido ao incêndio no Canadá

Lusa 17 de maio de 2016
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 13 a 19 de maio
As mais lidas

Quatro campos de exploração petrolífera no norte da cidade de Fort McMurray foram evacuados por causa da rápida progressão do incêndio que lavra naquela região,

Centenas de trabalhadores em campos de exploração de areias betuminosas, a norte de Fort McMurray, no noroeste do Canadá, foram retirados do local e milhares de operários estão em alerta depois de vento intenso e altas temperaturas terem, na segunda-feira, ajudado ao avanço rápido das chamas.

Bloomberg/Getty
Na segunda-feira à noite, as autoridades da província de Alberta anunciaram que os trabalhadores de "quatro dos cinco campos localizados na Aostra Road tiveram ordem de retirada obrigatória".

Se o fogo continuar a prosseguir na mesma direcção, podem chegar a ser retirados quatro a cinco mil trabalhadores.

O incêndio florestal está a menos de 20 quilómetros das instalações das companhias de produção de petróleo.

Nas últimas 24 horas, foram registados quatro novos incêndios na região, sendo agora 15 os fogos activos na província de Alberta. Três deles estão fora de controlo, segundo as autoridades.

No terreno, a combater as chamas, estão perto de dois mil bombeiros, 161 helicópteros, 29 aviões e 377 máquinas pesadas.

O incêndio florestal em Fort McMurray já consumiu 285 mil hectares.

Naquele que é considerado já o maior desastre natural da história canadiana, a reconstrução da cidade deverá ter um custo de seis mil milhões de euros.

A província de Alberta continua sob o "risco extremo de incêndio".
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais