Antigo guarda de Auschwitz declara-se "sinceramente arrependido" em tribunal

Lusa 29 de abril de 2016
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 4 a 10 de março
As mais lidas

Reinhold Hanning, 94 anos, está a ser julgado na Alemanha por cumplicidade na morte de dezenas de milhares de pessoas no campo de concentração

Um antigo guarda do campo de concentração de Auschwitz, Reinhold Hanning, 94 anos, a ser julgado na Alemanha por cumplicidade na morte de dezenas de milhares de pessoas, falou hoje pela primeira vez para se declarar "sinceramente arrependido".

"Tenho vergonha de ter deixado esta injustiça acontecer e de nada ter feito para o impedir (...) Estou sinceramente arrependido", declarou no tribunal de Detmold (oeste), onde está a ser julgado desde 11 de Fevereiro "por cumplicidade" na morte de pelo menos 170.000 pessoas entre Janeiro de 1943 e Junho de 1944.



Jovem operário recrutado aos 18 anos pelas Waffen SS (força militar do partido nazi de Adolf Hitler), Hanning combateu nos Balcãs e na frente russa antes de ser transferido, no início de 1942, para Auschwitz. Colocado no campo de concentração de base Auschwitz-I, também fiscalizava a zona do cais de chegada de Birkenau (Auschwitz-II).

No 13.º dia do seu julgamento e tendo até agora mantido o silêncio, Hanning lamentou hoje ter pertencido a uma organização responsável pela morte de incontáveis famílias e inocentes, segundo declarações divulgadas pela agência alemã DPA.



Antes, os seus advogados tinham lido um texto de 23 páginas sobre a juventude e o envolvimento do seu cliente, no qual ele reconhece ter tido conhecimento dos assassínios em massa realizados em Auschwitz. O texto retrata igualmente um acusado apolítico que nada pode fazer contra a sua incorporação nas SS.

"Auschwitz foi um pesadelo. Gostaria de nunca lá ter estado", conclui o texto.

Hanning arrisca três a 15 anos de prisão.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais