Albânia: Sismo de 4,9 atinge semeia pânico entre a população

Lusa 28 de janeiro de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 15 a 21 de abril
As mais lidas

Trata-se do primeiro grande abalo desde o sismo de magnitude 6,4 no dia 26 de novembro que provocou 51 mortos e mil feridos e deixou desalojadas 14 mil pessoas.

Um sismo de magnitude 4,9 na escala de Richter sacudiu na noite desta terça-feira a Albânia, semeando o pânico entre a população. Trata-se do primeiro grande abalo desde o sismo de magnitude 6,4 no dia 26 de novembro que provocou 51 mortos e mil feridos e deixou desalojadas 14 mil pessoas.

Google
Segundo o Instituto de Geociência da Albânia, o sismo foi registado às 21h15 locais (20h15 em Lisboa) e teve epicentro na aldeia de Bubq, a norte da capital, Tirana, e uma profundidade de sete quilómetros.

O terramoto sentiu-se na capital e noutras cidades albanesas, assim como em países vizinhos de Montenegro, Macedónia do Norte e Kosovo.



Segundo o Ministério da Defesa, ainda não há registo de vítimas ou danos materiais consideráveis.

As televisões locais transmitiram imagens que mostram as pessoas em pânico, que rapidamente deixaram as suas casas, algumas fogueiras nas ruas onde populares planeiam passar a noite ao ar livre e o momento em que vários pais fogem com crianças nos braços da urgência pediátrica do Hospital Universitário de Tirana.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais